É um tipo de doença que atinge os nossos olhos, a visão fica borrada e ainda conta com um nome complicado. Estamos falando do Ceratocone. Pacientes que sofrem com esse tipo de problema sabem o quanto isso pode atrapalhar a vida pessoal, as tarefas e no trabalho. Para isso, existem soluções cirúrgicas bastante interessantes que podem ser utilizadas em pacientes com Ceratocone. Tamanhas são as novidades nessa área que os tratamentos são inovadores e bastante eficazes.

Você sofre com o Ceratocone? Então os próximos tópicos são para você entender mais essa doença ocular, detalhes importantes e também os principais tratamentos e a técnica desses procedimentos cirúrgicos que podem solucionar esse problema. Leia a seguir.

Definição e ocorrência do Ceratocone em adultos e adolescentes.

Em definição geral, é uma doença ocular bilateral e progressiva da córnea. Uma das principais características está no formato da córnea, afetada diretamente e permanecendo em cone. Causas diretas ainda não foram descobertas para o Ceratocone. Porém, estudiosos acreditam processos alérgicos, o simples hábito de coçar o olho com frequência e fatores genéticos podem ser agravantes da evolução da doença. A incidência de faixa etária para ocorrência do Ceratocone está entre os adolescentes e adultos jovens, com alta progressão entre até 35 a 40 anos de idade. Um fato curioso é que o Ceratocone acontece em ambos os olhos, sendo um deles mais prejudicado que o outro.

Como o Ceratocone se manifesta na visão do paciente? Sintomas e cuidados.

Para todos aqueles que sofrem com o Ceratocone, os sintomas precisam ser analisados e cuidados por um especialista desde o começo. De forma geral, a visão fica distorcida e borrada, tanto para longe quanto para perto. Dependendo dos casos e da intensidade do Ceratocone, alguns pacientes podem relatar visão dupla ou percepção de várias imagens de um mesmo objeto. A necessidade de apertar os olhos também é frequente entre pacientes, além dos halos em torno das luzes e a sensibilidade excessiva à luz.

Um detalhe que precisa ficar claro é que não existem meios de prevenção do Ceratocone. Esse é um tipo de doença que une fatores hereditários e genéticos. Os alertas médicos ficam no hábito de coçar os olhos, que precisa ser evitado por ser um fator de risco para o surgimento ou agravante da doença. Todo cuidado é pouco quando se trata da saúde dos olhos e atentar até mesmo aos pequenos detalhes pode fazer toda a diferença para o seu caso ou problema de visão.

O Ceratocone é diagnosticado através de topografia e tomografia de córnea, exames que podem ajudar o médico especialista a entender o seu caso em específico e as exigências dos seus olhos. A partir desse momento, serão pensadas alternativas de tratamento ao paciente, que seguem a ordem: óculos, lentes de contato e procedimento cirúrgico. O último é indicado quando os dois primeiros não funcionam.

Prevenção e tratamentos específicos para a melhora da visão contra o Ceratocone.

Existem dois tipos de procedimentos cirúrgicos capazes de corrigir o Ceratocone: o Crosslinking da Córnea e o Implante de Anel intra estromal de Córnea. Ambos são indicados para evitar a possibilidade de se realizar o transplante de córnea no futuro.

O primeiro é um tratamento cirúrgico desenvolvido com a finalidade de aumentar a resistência corneana, o que melhora a sua estabilidade e minimiza ou impede a progressão do Ceratocone. Durante o procedimento, acontece a ligação do colágeno da córnea com a riboflavina (Vitamina B2).

Já o Implante de Anel intra estromal de Córnea, também conhecido como Anel de Ferrada, é indicado os pacientes que são intolerantes a lentes de contato ou que contam com irregularidades acentuadas na córnea. Esse é um procedimento que acontece à laser, com auxílio do FEMTOSECONDLASER e com colírio anestésico. Uma pequena incisão é feita na periferia da córnea e dois arcos polimetil metacrilato (PMMA) são introduzidos nas camadas do estroma em cada lado da pupila. Após, espera-se que haja uma alteração na curvatura da córnea para um formato mais circular, o que melhora a qualidade da visão.

O Dr. Marcelo Vilar é especialista nesses tipos de procedimentos para o cuidado contra o Ceratocone. Com anos em atuação na oftalmologia, uma equipe completa de profissionais capacitados e grande referência no Estado do Paraná, o Dr. Marcelo Vilar é certamente um tipo de profissional que você precisa contar nesse grande momento de decisão. Você terá a oportunidade de conhecer mais detalhes sobre o Ceratocone e como todos os tratamentos acontecem na prática. Visite o seu médico de confiança e busque cuidar da sua saúde com orientação e cuidado de quem entende do assunto.

Você ainda está com alguma dúvida sobre o Ceratocone e os possíveis tratamentos a esse caso? Você é um paciente em potencial para a realização da cirurgia? Fale com o Dr. Marcelo Vilar e agende uma consulta com um especialista completo na saúde da sua visão. Agende sua conversa, exame ou cirurgia nos seguintes contatos: (41) 3310-4225, (41) 3310-4202, (41) 3310-4277 ou fale com a nossa equipe pelo WhatsApp (41) 99616-9915. Você também pode visitar nossa sede em Curitiba, localizada no endereço Rua Coronel Dulcídio, 199, 5º Andar, bairro Batel.