Perguntas
frequentes

CATARATA

O QUE É CATARATA? QUAIS SEUS SINTOMAS?

Catarata é caracterizada pela opacificação do cristalino. Com esta alteração, que freqüentemente é progressiva, a imagem passa a chegar na retina com menor nitidez.

A Catarata surge a partir da opacificação do cristalino, que é uma lente intra-ocular disposta em camadas. Os sintomas são variáveis, porém os mais comuns,  iniciam-se as com queixas de que a visão diminui progressivamente e os objetos podem aparecer amarelados e/ou nebulosos e/ou ter seu formato deformado, parecendo que os óculos estivessem sempre sujos ou embaçados.

Clique aqui para saber mais sobre a Cirurgia da Catarata.

CIRURGIA REFRATIVA À LASER

QUANDO POSSO FAZER A CIRURGIA REFRATIVA? QUAIS EXAMES SÃO NECESSÁRIOS?

O tratamento é indicado para qualquer idade, a partir dos 18 anos. Após os 40 anos soma-se ao grau de longe o grau de perto (presbiopia ou vista cansada) e deve-se considerar a possibilidade do uso de óculos para leitura ou trabalhos de perto.

Na avaliação pré-operatória, além da consulta oftalmológica normal serão realizados alguns exames complementares ( Topografia e tomografia de córne, paquimetria, microscopia e mapeamento de retina) mais específicos para afastar a possibilidade de haver as alterações e degenerações oculares que contra-indiquem a cirurgia.

Clique aqui para saber mais sobre a Cirurgia Refrativa.

CERATOCONE

O QUE É CERATOCONE? QUAIS OS SINTOMAS E TRATAMENTO?

O Ceratocone é uma doença ocular não inflamatória, bilateral e progressiva do olho , que afeta  o formato e a espessura  corneana, provocando a percepção de imagens distorcidas e embaçadas. Inicia-se na puberdade e pode progredir até os 40 anos. Não manifesta preferência por sexo e ocorre na proporção de 1 caso para 20.000 indivíduos, da população em geral. A principal causa de transplante de córnea no Brasil é o ceratocone. Apesar de suas causas ainda não serem totalmente determinadas, acreditam estar associada a alergias, ao coçar dos olhos constantemente e também à fatores genéticos.

Saiba mais sobre o tratamento para Ceratocone clicando aqui.

CROSS-LINKING

Como é feito o tratamento com cross-linking?

A cirurgia é realizada no centro cirurgico .O tratamento inicia-se pela anestesia, que é realizada com 3 gotas de colírio (anestesia tópica), seguido de remoção do epitélio da córnea (células da superfície corneana que regeneram posteriormente) . O epitélio deve ser removido para que ocorra a penetração da Riboflavina (Vitamina B2) na córnea. Esta é aplicada através de gotas, por 30 minutos. Procede-se com a aplicação da luz UV-A por 30 minutos. O procedimento dura cerca de 1 hora e termina com a colocação de uma lente de contato terapêutica que servirá como um “curativo” enquanto o epitélio cicatriza, o que leva em torno de 7 dias.

Saiba mais sobre o tratamento com Cross-linking clicando aqui. 

ANEL DE FERRARA

O que é anel de ferrara e para o que ele é indicado?

O anel de Ferrara é uma órtese composta de dois segmentos semicirculares, de espessuras variáveis, com 5mm de diâmetro, confeccionada com o mesmo material utilizado há mais de 20 anos na confecção de lentes intraoculares.

O implante do Anel de Ferrara está indicado, principalmente, aos portadores de ceratocone em evolução, em qualquer faixa etária, intolerantes a lentes de contato ou com distorções acentuadas da córnea, como ocorre após o transplante.

Clique aqui para saber mais sobre o Anel de Ferrara. 

TRANSPLANTE DE CÓRNEA

O QUE É CÓRNEA? QUANDO É INDICADO O TRANSPLANTE DE CÓRNEA?

A córnea é uma estrutura transparente localizada na parte anterior do globo ocular ou seja na frente do olho.

O transplante de córnea é indicado quando uma de suas características é perdida: transparência , curvatura ou regularidade. Em casos de curvatura avançada onde a visão não é corrigida com lentes de contato e não ha indicação de anéis ou crosslinking, indica-se o transplante de córnea.

Clique aqui para saber mais sobre o Transplante de Córnea.

GLAUCOMA

QUAIS OS SINAIS E SINTOMAS DO GLAUCOMA?

O Glaucoma raramente apresenta sintomas. Os sinais da doença só vão surgir no Glaucoma Agudo, quando o paciente sofre grandes dores de cabeça, fotofobia, enjoo e dor ocular intensa. Para o diagnóstico do glaucoma alguns exames devem ser realizados, como: TONOMETRIA DE APLANAÇÃO, FUNDO DE OLHO, GONIOSCOPIA e CAMPO VISUAL.

Saiba mais sobre Glaucoma clicando aqui.

Retinopatia Diabética

O que é Retinopatia?

O termo retinopatia cobre vários transtornos da retina, que podem afetar a visão. A retinopatia geralmente é causada por danos aos minúsculos vasos sanguíneos na retina. A retinopatia é comumente causada pelo diabetes, mas às vezes é causada por outras doenças, como pressão arterial muito alta (hipertensão).

Nota : as pessoas com diabetes também apresentam maior risco de desenvolver outros problemas oculares, incluindo catarata e glaucoma .

Saiba mais sobre Retinopatia Diabética clicando aqui.