Cirurgias a laser x Cirurgias personalizadas: entenda a diferença

Cirurgias a laser x Cirurgias personalizadas: entenda a diferença

Você precisa fazer uma cirurgia de visão para resolver o seu problema refrativo, mas não sabe qual tipo de procedimento escolher? Com grandes avanços tecnológicos no meio oftalmológico e de maquinário para solucionar diversos tipos de problemas de visão, são apresentadas as cirurgias a laser e personalizada. Com pré-operatórios próprios, cuidados e acompanhamento oftalmológico especializado do Dr. Marcelo Vilaro resultado dos procedimentos é extremamente satisfatório e ajuda aos pacientes a retomarem às suas vidas, com saúde de visão de qualidade de vida.

Para você entender mais sobre esses tipos inovadores de cirurgias, criamos esse artigo para falarmos mais sobre as cirurgias a laser e cirurgias personalizadas. Entenda o conceito, as diferenciações e o que faz com que cada processo seja único e o melhor: ideal para o seu caso de saúde da visão. Veja a seguir o que são cirurgias a laser x cirurgias personalizadas: entenda a diferença. 

Cirurgias a laser x cirurgias personalizadas: diferenças gerais e estruturais.

A cirurgia a laser convencional, por muitos anos, foi suficiente para que pacientes pudessem ter a visão retomada com qualidade e cuidado médico cirúrgico. Através de novas necessidades associadas aos principais avanços tecnológicos e muitos anos de pesquisa, a cirurgia a laser convencional se tornou referência em melhorias para algo mais avançado: a cirurgia personalizada. Como definição geral, esta acontece através da aplicação do laser na superfície da córnea, esculpindo-a de maneira personalizada, de forma diferenciada e própria ao caso do paciente.

Com as diversas realizações, diferenças importantes passaram a surgir na prática. Uma delas é que a cirurgia personalizada pode acontecer com especificações diferentes em cada olho. Afinal, não existem dois olhos iguais no mesmo paciente. Em outros anos, a cirurgia convencional aplicava as mesmas técnicas em ambos os olhos. Hoje, a tecnologia proporciona que a cirurgia personalizada aconteça de forma diferente nos dois olhos e no mesmo paciente, de acordo com o caso da pessoa e o tipo de problema em cada olho.

Outra característica marcante da cirurgia personalizada em relação a cirurgia convencional a laser está na faceta da correção de grau e também pequenas irregularidade dos olhos que podem ter relação e ligação com a nitidez da visão. Tamanhos são os avanços tecnológicos que até mesmo os pequenos problemas na formação dos olhos, podendo estes serem próprios daquela pessoa ou grupo, sejam considerados e corrigidos durante as cirurgias avançadas de laser personalizadas.

Os diferentes tipos de cirurgias em pré e pós-operatório.

As mudanças que se apresentam entre as cirurgias convencionais e personalizadas a laser também envolvem o pré-operatório e o pós, onde se pode ajudar ainda mais os pacientes e ainda proporcionar mais qualidade e conforto.

A cirurgia tradicional e convencional, por exemplo, utiliza o mesmo padrão de correção para a maioria dos pacientes, não se criando nada personalizado ao caso da pessoa. A incisão permitida é de até 3 mm apenas. A recuperação, via de regra, é mais demorada e as melhorias após a realização ficam concentradas na visão para longe. Já nos casos de cirurgia personalizada, é criado pelo médico oftalmologista e sua equipe um mapeamento individual de cada olho do paciente. Isso permite prever como os olhos de cada paciente responderão ao procedimento cirúrgico, baseado nas informações obtidas sobre a biomecânica e elasticidade da córnea. Outro avanço está durante a realização da cirurgia, podendo a personalizada oferecer uma incisão de até 1.5 mm. A recuperação é ainda mais rápida e confortável ao paciente. Além disso, a simples realização desse procedimento pode ser responsável por dispensar o uso de óculos. Isso se explica por essa cirurgia conseguir corrigir também outras doenças oculares.

Com conhecimento especializado, atendimento referência em oftalmologia e atuação em um dos locais mais respeitados do segmento, o Hospital de Olhos do Paraná, o Dr. Marcelo Vilar dos principais problemas de visão que aparecem em pacientes de diferentes idades. Faz uso dos avanços tecnológicos em cirurgias diferenciadas e que levam efeitos positivos a todos os pacientes, com melhora significativa da visão. Grande exemplo está nas cirurgias personalizadas, sendo elas estruturadas em cirurgias refrativas especiais e que podem, por exemplo, solucionar os problemas de miopia, hipermetropia, astigmatismo e presbiopia. Com avaliação médica de qualidade, o Dr. Marcelo Vilar saberá dizer qual o melhor tipo de tratamento e cirurgia para você.

Você ainda está com alguma dúvida sobre os procedimentos ou se isso é para o seu caso de saúde dos olhos? Fale com o Dr. Marcelo Vilar e agende uma consulta com um especialista completo nesses casos. Agende sua conversa, exame ou cirurgia nos seguintes contatos: (41) 3310-4225, (41) 3310-4202, (41) 3310-4277 ou fale com a nossa equipe pelo WhatsApp (41) 99616-9915. Você também pode visitar nossa sede em Curitiba, localizada no endereço Rua Coronel Dulcídio, 199, 5º Andar, bairro Batel. Visite nosso site e conheça as especialidades atendidas: https://marcelovilar.com.br/. 

Cirurgias refrativas: como funcionam?

Cirurgias refrativas: como funcionam?

Todos nós conhecemos alguém que sofre com os erros refrativos, amigo ou familiar, ou até mesmo você. A saúde dos olhos é algo que necessita de cuidados, ainda mais quando em ocorrência de miopia, hipermetropia, astigmatismo e presbiopia. Esses são quatro erros de refração muito comuns e dificultam de se enxergar objetos, pessoas e visuais com clareza. É para isso que os médicos oftalmologistas indicam as cirurgias refrativas, métodos eficazes para a correção dessas dificuldades. São basicamente três tipos de procedimentos cirúrgicos que podem oferecer a saúde integral dos seus olhos novamente.Para responder algumas dúvidas frequentes e te ajudar a entender a importância e segurança das cirurgias refrativas, selecionamos alguns temas interessantes e que explicam detalhes especiais sobre esses procedimentos. Leia a seguir:

Os principais erros de refração que podem ser corrigidos com cirurgias refrativas.

Comuns entre as pessoas e prejudiciais a visão, são quatro os tipos de erros de refração. O primeiro é a miopia, um erro refrativo que ocorre quando o olho é mais longo que o normal, o que faz com que os raios de luz sejam focados antes da retina. Na prática, quem sofre com a miopia enxerga os objetos próximos com nitidez e o que está mais afastado embaçado e difícil de distinguir. Também existe a hipermetropia, que é quando a imagem se forma após a retina devido ao menor comprimento do globo ocular e/ou a córnea ou cristalino mais planos. Quem sofre com a hipermetropia enxerga com dificuldade os objetos mais próximos, podendo isso acontecer também para longe, dependendo do grau que se apresenta.Já o astigmatismo é a dificuldade em enxergar para perto e para longe, sendo esse um erro de refração que se associa à miopia e à hipermetropia. É uma deformidade na curvatura da córnea, que faz com que o foco se forme em várias posições na retina. Na prática, o astigmatismo distorce e torna nublada a visão a qualquer distância. Para finalizar, a presbiopia é a vista cansada, perda natural e progressiva da capacidade do olho em focalizar objetos. Esse tipo de problema tem ocorrência a partir dos 40 anos, período onde o cristalino perde a flexibilidade necessária para o ajuste do foco.

Inovação e tecnologia de ponta: os tratamentos revolucionários e eficazes para corrigir erros de refração.

A boa notícia é que os avanços tecnológicos são tantos que o paciente pode ser submetido a três tipos de cirurgias refrativas para corrigir tais problemas com segurança e cuidado. O Dr. Marcelo Vilar faz uso de técnicas especiais como LASIK, PRK e Lentes Fácicas, tratamentos muito eficazes.O primeiro é o tipo de técnica mais utilizada no mundo para a correção de grau a laser. Durante o procedimento, um corte preciso garante que uma película da córnea seja levantada. Com isso, o laser consegue atingir a camada mais interna do olho, conseguindo corrigir o grau do paciente. Finalizado, a película da córnea é recolocada no lugar. O LASIK oferece um menor desconforto no pós-operatório e recuperação visual muito rápida devido a menor superfície de cicatrização.Já no PRK, o laser é programado para esculpir as camadas superficiais de tecido corneano, o que reduz os problemas refrativos. Esse tipo de procedimento conta com um alto nível de segurança, o que oferece mais conforto e tranquilidade a pacientes com córneas mais finas ou leves alterações em sua curvatura. Após o procedimento de PRK, é normal a visão permanecer embaçada de 6 a 15 dias até que o epitélio cicatrize na área tratada.As Lentes Fácicas são implantadas na íris dos olhos. O material utilizado são lentes Artisan ou Artiflex, aplicadas quando a cirurgia refrativa a laser não pode ser realizada na correção de miopia, hipermetropia e astigmatismo. A inovação das Lentes Fácicas está na possibilidade de correção de aproximadamente 20 graus de miopia, até 10 graus de hipermetropia e até 7 graus de astigmatismo.

O comparativo entre cirurgia convencional e personalizada: quem se beneficia?

LASIK, PRK e Lentes Fácicas são tipos de cirurgias personalizadas e que são resultado de anos de pesquisa e desenvolvimento tecnológico desenvolvidos a partir das cirurgias mais convencionais. Esses procedimentos esculpem a córnea com utilização de laser de forma única e personalizada. Além disso, elas também podem acontecer de forma diferente em cada olho, diferentemente da cirurgia convencional.Entre os pacientes que podem garantir a solução dos erros de refração através das cirurgias personalizadas estão aqueles que sofrem com miopia, hipermetropia, astigmatismo e presbiopia. Mesmo assim, você precisa passar pela análise de um oftalmologista especializado nesses casos para que este possa avaliar a sua condição: se o grau do erro refrativo é considerado estável, a espessura da córnea, análise da curvatura corneana e presença ou não de distorções na córnea. Essas análises pré-operatórias garantirão se a cirurgia personalizada se aplica ou não ao seu caso.

Todos esses detalhes são importantes, mas algo precisa ser salientado pela importância no resultado final das cirurgias refrativas: você precisa contar com um profissional capacitado e especializado para o seu acompanhamento desde o começo até o pós-operatório. Afinal, a realização desse tipo de procedimento precisa ser conduzida por um oftalmologista profissional e que entenda exatamente do caso de saúde dos seus olhos. Uma cirurgia refrativa pode ser a solução que você procura para viver bem e sem os contratempos da miopia, astigmatismo, hipermetropia e/ou a presbiopia. Tome a condução da sua vida, opte pelas cirurgias refrativas e seja ainda mais feliz!

Você ainda está com alguma dúvida sobre os procedimentos ou se isso é para o seu caso de saúde dos olhos? Fale com o Dr. Marcelo Vilar e agende uma consulta com um especialista completo nesses casos de cirurgia refrativa. Agende sua conversa, exame ou cirurgia nos seguintes contatos: (41) 3310-4225 | (41) 3310-4202 | (41) 3310-4277 ou fale com a nossa equipe pelo WhatsApp (41) 99616-9915. Você também pode visitar nossa sede em Curitiba, localizada no endereço : Rua Coronel Dulcídio, 199, 5º Andar, bairro Batel. Visite nosso site e conheça as especialidades atendidas: https://marcelovilar.com.br/.