A catarata é um problema recorrente e muito comum em pessoas mais velhas. A doença atinge 17% das pessoas com até 65 anos e 47% dos que têm entre 65 e 74 anos. Dados do Ministério da Saúde revelam que por ano no Brasil são realizadas mais de 450 mil cirurgias de catarata.

A doença causa a opacidade da lente natural do olho, chamada de cristalino. A causa mais comum de catarata é pelo envelhecimento natural, a chamada catarata senil. Outros dois tipos de catarata também existem: a congênita, quando a doença é desenvolvida já nos primeiros meses de vida e a secundária, causada por alterações metabólicas geradas por doenças ou uso excessivo de medicamentos.

Apesar da grande ocorrência da doença ocular, muitas pessoas possuem dúvidas sobre as características da catarata, quais são os procedimentos possíveis e qual o andamento passo a passo do tratamento.

Aqui no consultório do Dr. Marcelo Vilar recebemos muitas dúvidas sobre o tema e juntamos algumas mais comuns para te ajudar a entender mais sobre a catarata. Confira:

1 – Como tratar a catarata?

O único tratamento eficiente para catarata é a cirurgia, onde o cristalino é substituído por uma lente intraocular, em um procedimento rápido e indolor, com recuperação tranquila e com baixo potencial de complicações.

2 – A partir de qual idade surge a catarata? Quais são os principais sintomas?

A idade em que a catarata surge depende diretamente do tipo da doença que o paciente apresenta. No caso da catarata senil – a mais comum – normalmente atinge pessoas acima de 50 anos, pelo desgaste natural do cristalino.

Os sintomas são variáveis, porém, existem alguns que aparecem com maior frequência como queixas de que a visão está diminuindo progressivamente para longe e que os objetos parecem mais nebulosos ou amarelados. Normalmente existe uma grande reclamação de que os óculos já não estão fazendo efeito.

3 – Qual o momento ideal para realizar a cirurgia de catarata?

Apesar de normalmente a cirurgia de catarata não ser um procedimento urgente e de não existir uma idade ideal para a sua realização, todos os pacientes do Dr. Marcelo Vilar são instruídos a realizar o mais rápido possível. Conforme o tempo passa a catarata fica mais densa, o que acaba por dificultar o procedimento e aumentar a possibilidade de complicações, por isso, quanto antes, melhor.

4 – Alguma doença impede que a cirurgia de catarata seja realizada?

Sim. Algumas doenças como diabetes, hipertensão arterial e outras doenças que estejam sem controle podem impedir temporariamente o procedimento. É preciso estabilizar e controlar a doença antes de realizar a cirurgia de catarata.

Casos de infecções oculares ativas ou blefarite intensa também precisam ser tratadas antes do procedimento, assim a segurança da cirurgia não fica comprometida e você obtém o melhor resultado possível.

5 – A cirurgia de catarata realmente pode corrigir outros problemas como a miopia?

Pode. Durante o procedimento é possível corrigir erros de refração do paciente ao escolher a lente intraocular ideal para ser implantada. Casos de miopia, hipermetropia e astigmatismo podem ser corrigidos já na cirurgia de catarata, libertando os pacientes do uso dos óculos.

Nestes casos, a escolha da lente ideal para cada paciente é realizada durante os exames pré-operatórios solicitados pelo Dr. Marcelo Vilar para qualquer procedimento cirúrgico. Desta maneira é analisado cada caso com cuidado para escolher a opção que mais se adapta com as necessidades de cada paciente.

6 – É possível que a catarata volte depois da cirurgia?

A catarata não volta depois da cirurgia. Porém, como já falamos aqui antes, a área da saúde não é totalmente controlável, tudo depende muito do organismo de cada paciente. Por isso, dependendo da cicatrização da pessoa, pode ocorrer uma opacidade da cápsula posterior, que fica atrás da lente intraocular implantada no procedimento.

Nestes casos é realizado um procedimento conhecido como “limpeza de lente”, chamado de capsulotomia, que é indolor e pode até mesmo ser realizado no consultório.

7 – Precisa utilizar óculos depois da cirurgia de catarata?

Varia de caso para caso. É possível que seja necessário o uso de óculos se houver restado algum grau residual que o paciente tinha antes do procedimento, dependendo da lente intraocular que foi implantada.

Se for uma lente simples monofocal, os óculos de leitura para perto ou para o computador costumam ser necessários. Tudo dependerá das lentes escolhidas de acordo com os exames pré-operatórios solicitados pelo Dr. Marcelo Vilar para gerar o melhor resultado para você.

8 – Tem como operar os dois olhos de uma vez só?

Aqui no consultório do Dr. Marcelo Vilar nós não indicamos que sejam realizados de uma única vez, mas sim com pelo menos 48 horas de intervalo entre um procedimento e outro. Assim a recuperação se torna mais fácil.

9 – Como é feita a cirurgia de catarata?

A cirurgia de catarata é realizada sob anestesia local, o que permite que o paciente retorne ao seu domicílio logo após o término da cirurgia. O Dr. Marcelo Vilar alia seu conhecimento ao uso de máquinas de alta tecnologia, aumentando a precisão do procedimento, o tornando menos invasivo e com menos chance de erros.

Utilizando o laser Femtosegundo são realizados os cortes necessários para retirar a catarata. Esta remoção normalmente acontece com uma técnica que utiliza uma ponta com vibração ultrassônica que fragmenta e aspira os tecidos embaçados. Após isso é colocada a lente intraocular no lugar.

10 – Quanto tempo demora a cirurgia de catarata?

Normalmente as cirurgias realizadas pelo Dr. Marcelo Vilar duram aproximadamente 7 minutos. Desde o internamento até os cuidados pós-cirúrgicos, o tempo máximo de permanência do paciente é de 2 a 3 horas.

11 – Como funciona a recuperação da cirurgia de catarata?

No dia seguinte à cirurgia a visão para longe já é melhor do que antes do procedimento e a visão tende a melhorar ao longo dos dias seguintes. Quanto à volta para as atividades, é necessário se poupar de muito esforço físico, evitar piscina ou mar nos primeiros dias e também procurar não coçar e apertar os olhos.

Essas são as perguntas que mais recebemos sobre a cirurgia de catarata aqui no consultório do Dr. Marcelo Vilar. Caso você tenha outras dúvidas, acesse nossa FAQ, ou fale com a gente!

Se sentir seguro com o procedimento é essencial para seu bem-estar e até para o resultado da cirurgia. Aproveite sempre as consultas para tirar suas dúvidas e não hesite em perguntar. Agende seu horário com o Dr. Marcelo Vilar pelos telefones (41) 3310-4225, (41) 3310-4202, (41) 3310-5277 ou pelo WhatsApp (41) 99616-9915. É de Curitiba? Nos visite no endereço: Rua Coronel Dulcídio, 199 – 5º Andar, no bairro Batel.