Muitos pacientes ao receber o diagnóstico de que possuem ceratocone não entendem ao certo o que significa, o que é a doença e o que podem fazer em relação ao seu quadro. O ceratocone é um distúrbio ocular onde o formato da córnea é modificado, resultando em um abaulamento da córnea, a deixando com forma semelhante a um cone.
Entender os detalhes da doença ocular é importante para o tratamento, mas quando se trata da prevenção, é necessário também entender quais são os principais sintomas do ceratocone.
A equipe do Dr. Marcelo Vilar decidiu escrever este material a fim de auxiliar o entendimento sobre o ceratocone e ajudar na prevenção da doença. Confira a seguir nosso conteúdo e entenda como identificar os sintomas!

O ceratocone

A doença que altera o formato da córnea acomete em 90% dos casos os dois olhos, mas não necessariamente com a mesma intensidade em ambos. O ceratocone é uma doença relativamente rara, que segundo o Conselho Brasileiro de Oftalmologia ocorre em uma variação de 4 a 600 casos a cada 100.000 indivíduos.
Geralmente o ceratocone surge em adolescentes ou jovens adultos e progride até os 35 a 40 anos de idade. Após esse período, normalmente a doença tende a permanecer estável. Suas causas não são totalmente determinadas, porém, existem associações à processos alérgicos, ao hábito de coçar os olhos constantemente e também à fatores genéticos.

Sintomas do ceratocone

Os sintomas do ceratocone variam de paciente para paciente, porém, o principal deles é a visão borrada e distorcida, tanto para longe quanto para perto. Alguns pacientes relatam problemas como a visão dupla (chamada de diplopia), ou a poli visão (poliopia), onde há a percepção de várias imagens de um mesmo objeto. Enxergar halos em torno das luzes ou apresentar coceira ou fotofobia (sensibilidade excessiva à luz) também sintomas frequentes em casos de ceratocone.
Pacientes que apresentem processos alérgicos frequentes devem observar com mais cuidado a saúde de seus olhos, afinal, coçar os olhos em excessividade é uma das causas da doença.
Se houver algum caso de ceratocone na família, é importante se manter ainda mais alerta para qualquer sinal da doença. Procure manter consultas regulares ao oftalmologista para evitar qualquer tipo de problema.
O ceratocone geralmente dificulta tanto a visão de perto quanto a visão de longe, gerando problemas para os pacientes. Pessoas que apresentam mudança de grau frequente também precisam estar alertas para entender qual é a causa da instabilidade de grau.

Sinais observados pelo oftalmologista

Durante a consulta, o oftalmologista responsável deve examinar os olhos, entender o grau do erro refrativo presente, e fazer exames para analisar a curvatura da córnea, a pressão corneana e muito mais.
Em casos de ceratocone normalmente os oftalmologistas podem observar reflexos em “gota de óleo” e em “tesoura”. Linhas estriadas, verticais, finas e profundas, chamadas de linhas de Vogt também podem ser um sinal da doença.
A espessura estromal reduzida e anel de Fleischer – depósitos epiteliais de ferro ao redor da base do cone e outros sinais também podem ser vistos pelos oftalmologistas no momento da consulta quando o paciente já apresenta o ceratocone.

Em qualquer caso de desconforto visual, ou ao sinal de qualquer um dos sintomas indicados aqui é essencial o contato imediato com um oftalmologista para garantir a saúde dos seus olhos. O Dr. Marcelo Vilar é especialista em casos de ceratocone e é capaz de oferece um tratamento adequado e eficiente, com equipamentos de alta tecnologia para resolver a doença.
Investir em bons profissionais e que possam de fato auxiliar e manter a saúde dos seus olhos é essencial para não gerar incômodos desnecessários. Procure manter uma rotina de cuidados com os olhos, sempre realizando consultas e fazendo o que foi solicitado pelo oftalmologista.

Agende sua consulta com o Dr. Marcelo Vilar. Ligue para os telefones (41)3310-4225, (41)3310-4202, (41)3310-4277 ou fale conosco pelo WhatsApp (41)99616-9915. É de Curitiba? Nos visite no endereço Rua Coronel Dulcídio, 199 – 5º Andar, Batel.